A luta do movimento feminista pela legalização do aborto no governo Lula

19/04/2017 - 11:56 -
Print Friendly, PDF & Email
Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O jornal ‘Nexo’ destacou nesta quarta-feira a dissertação de mestrado Movimento e instituição: Ação feminista em defesa da legalização do aborto, de Carla Gisele Batista, defendida em 2012 no Programa de Pós Graduação em Estudos sobre Mulheres, Gênero e Feminismo, sob orientação da profª. drª. Cecilia Maria Bacellar Sardenberg

(Nexo, 19/04/2017 – acesse no original)

 

189Esta pesquisa examina as principais estratégias na luta pela legalização do aborto, utilizadas pelos movimentos feministas no Brasil, a partir da criação da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres e da realização das Conferências Nacionais de Políticas para as Mulheres. A partir disso, investiga avanços e retrocessos em relação a essa questão durante os dois mandatos do presidente Lula. Segundo a autora, com o escândalo do mensalão, os compromissos políticos assumidos com esses movimentos foram facilmente negociados ou descartados, em prol da manutenção de um governo de coalizão.