Mato Grosso distribui repelentes para grávidas que recebem Bolsa Família

04/07/2017 - 15:54 -
Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

Em Mato Grosso, 4.300 gestantes cadastradas no Programa Bolsa Família deverão receber, cada uma, dois frascos de repelente por mês, para prevenção e proteção individual contra o Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

(Folha Max, 04/07/2017 – acesse no site de origem)

A distribuição do repelente vem sendo feita pela Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF), da SES/MT, desde abril, diretamente aos 141 municípios.

De acordo com Aline Régia Ferreira Ribeiro, da coordenação de Ações Programáticas Estratégicas da SES, a quantidade comprada pelo Ministério da Saúde é o suficiente para quatro meses.

“Todos os municípios foram avisados pela SAF e pelos 16 Escritórios Regionais de Saúde para retirar o repelente na SAF em Cuiabá. Não é preciso agendar, basta apresentar a autorização do município para retirar o produto”, informou Aline.

A Capital e Várzea Grande têm o maior número de gestantes cadastradas para receberem o repelente. Em Cuiabá são 1.912 gestantes e, em Várzea Grande, são 1.348.

Até o momento, dos 141 municípios, 93 já retiraram o repelente na SAF. Portanto, restam ainda 48 municípios para retirar o produto.

A SES alerta a esses municípios que façam a distribuição do repelente o quanto antes para as mulheres gestantes cadastradas, por se tratar de um programa de prevenção a doenças.