2018

Agência Patrícia Galvão

Criada em 2009 pelo Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos, a Agência Patrícia Galvão produz e divulga notícias, dados e conteúdos multimídia sobre os direitos das mulheres brasileiras. Seu objetivo principal é dar maior amplitude à cobertura jornalística, influindo no comportamento editorial sobre problemas, propostas e prioridades que atingem 51% da população do país: as mulheres.

Portal Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha

O Instituto Patrícia Galvão está envolvido nas ações de comunicação da Campanha “Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha – A lei é mais forte”, uma iniciativa conjunta do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública, Poder Legislativo e Governo Federal, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e o Ministério da Justiça. A Campanha tem como objetivo unir e fortalecer os esforços nos âmbitos municipal, estadual e federal para dar celeridade aos julgamentos dos casos de violência contra as mulheres e garantir a correta aplicação da Lei Maria da Penha. Administrado pelo Instituto Patrícia Galvão, o Portal Compromisso e Atitude é uma das principais ferramentas de comunicação da Campanha, que inclui também a produção e distribuição do Informativo Compromisso e Atitude, nas versões impressa e eletrônica.

Plataforma Violência contra as Mulheres em Dados

Visando contribuir para a ampliação do acesso público a dados atualizados e confiáveis sobre o fenômeno da violência de gênero no país, a ferramenta propõe-se a levantar, filtrar, analisar e disponibilizar dados que tenham o potencial de contribuir para o aprofundamento do debate, atingindo e sensibilizando profissionais de mídia, operadores /as de Justiça, especialistas, gestores, ativistas e toda a sociedade para a urgência do enfrentamento ao problema.

Dossiês Especiais

Edital “Jornalismo Investigativo em Direitos Humanos, Aborto e Saúde Pública”

O objetivo do edital - lançado em março de 2018 pelo Instituto Patrícia Galvão e seus parceiros Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) e Global Health Strategies - foi estimular a realização de reportagens investigativas sobre questões e histórias pouco exploradas pela imprensa que contribuam para o aprofundamento do debate público sobre a problemática do aborto no país a partir de uma perspectiva de direitos humanos e saúde pública. Os critérios para a seleção incluíram: adequação aos termos e temas do edital, qualidade de elaboração da proposta, inovação, viabilidade financeira e de realização, urgência do tema, bem como alcance e capacidade de influenciar o debate público. As cinco propostas apoiadas no valor de até R$ 10 mil abordarão temas relacionados ao aborto entre mulheres indígenas, impactos do aborto na saúde, nas relações familiares e afetivas, aborto clandestino, misoprostol e aborto no Congresso Nacional. As reportagens serão publicadas em veículos diversos da grande imprensa e da mídia alternativa e reproduzidas no site da Agência Patrícia Galvão. Saiba mais

Veja também:

> Memória de ações ou projetos desenvolvidos pelo Instituto ao longo dos anos

> Nossos especiais e publicações