Senado lança Plano de Equidade de Gênero e Raça, pioneiro no setor público

131
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

O Senado lançou, na tarde desta terça-feira (3), o Plano de Equidade de Gênero e Raça para o período de 2019 a 2021. O documento — o primeiro de um órgão da administração pública brasileira — permite à direção da Casa quantificar, acompanhar, orientar e avaliar as ações em favor da igualdade de oportunidades para servidoras e servidores no âmbito interno. A íntegra do plano pode ser conhecida aqui.

(Agência Senado, 03/09/2019 – acesse no site de origem)

Segundo-secretário da Casa, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO) disse esperar que o plano se transforme em uma rede de cooperação para que outros órgãos públicos e também empresas privadas possam se inspirar na iniciativa.

— Com esse programa de equidade, a gente torce para que uma questão urgente como a equidade se torne provisória, que tenha tempo determinado — disse o Senador, ao se referir à necessidade de garantir oportunidades iguais para todos na sociedade.

Consolidação

Segundo a diretora geral do Senado, Ilana Trombka, o plano é a consolidação de uma política de gênero e raça adotada pelo Senado nos últimos cinco anos. Nesse período, disse, a administração da Casa trabalhou para que a cultura organizacional pudesse internalizar os conceitos de equidade de gênero e raça.

— O plano é um instrumento feito no Senado, para o Senado, pelo Senado. É resultado de um trabalho de várias áreas. Ele reflete a vontade de todo o corpo do Senado Federal. Por isso eu sei que ele não é uma letra morta. E que daqui a 24 meses, quando checarmos os resultados, vamos ter alcançado as metas.

A representante interina da ONU Mulheres Brasil, Ana Carolina Querino, elogiou o Plano e a preocupação da Casa em criar um ambiente livre de discriminação e de racismo, para que todos os colaboradores possam usufruir de um ambiente de trabalho saudável.

Para o chefe de gabinete da Primeira-Secretaria, Thiago Fernandes Rodrigues Teixeira, o Senado está à frente nas iniciativas de equidade entre os órgãos da administração pública. Thiago representou no lançamento o senador Sérgio Petecão (PSD-AC), primeiro-secretário do Senado.

Eixos temáticos

O Plano foi organizado pelo Comitê Permanente pela Promoção da Igualdade de Gênero e Raça, com a coordenação do Núcleo de Ações Socioambientais (NCas). São cinco eixos temáticos (comunicação, educação, cultura organizacional, gestão e saúde), cada um deles com ações, objetivos, metas, prazos para execução, indicadores e unidade responsável, segundo Karin Kässmayer, gestora do NCas.

— O Plano propõe os compromissos da Casa e dos setores diretamente relacionados a cada ação. Ele viabiliza o monitoramento e o acompanhamento das ações. O documento é um norte para onde a Casa quer seguir na temática de equidade de gênero e raça.

 

Compartilhar: