Atividade ‘Eu Também sou Cidadã – Pela Criminalização da LGBTfobia’ – João Pessoa/PB, 22/05/2015

1029
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Paraiba.com.br, 21/05/2015) Em 2014, segundo dados do Grupo Gay da Bahia (GGB), 326 gays, travestis e lésbicas foram assassinados no Brasil, e em João Pessoa, o Movimento do Espírito Lilás registrou 21 vítimas. No dia 15 de maio foi celebrado o Dia Internacional Contra a Homofobia, e para lembrar que o preconceito ainda é algo muito forte, sendo a principal motivação para os atos de violência contra lésbicas e mulheres bissexuais, acontece nesta sexta-feira (22), às 17h, na Praça da Paz, nos Bancários, a atividade “Eu Também sou Cidadã – Pela Criminalização da LGBTfobia”.

A ação, que está sendo promovida pelo Grupo de Mulheres Maria Quitéria (GMMQ), com apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM), e outros parceiros, surge diante dos atos de violência que acontecem diariamente, e com a determinação de construir uma sociedade mais igual, e uma cidade respeitosa com as suas diversidades.

Segundo Marli Soares, membro do GMMQ, essa é uma atividade que vai reunir educação e cultura. “O projeto ‘Eu Também sou Cidadã’ integra um conjunto de atividades que estão sendo desenvolvidas dentro do calendário de luta do Movimento LGBT, e que possui como foco principal as mulheres lésbicas e bissexuais”.

O projeto contempla ações que promovem e fortalecem a cidadania dessas mulheres enquanto sujeito de direito, como também, aborda questões para o esclarecimento da Lei que criminaliza a homofobia, e que tem sido tema de muitos debates em todo o Brasil. “No evento teremos a oportunidade de esclarecer o que trata essa lei, e o quanto ela pode proteger as mulheres e homens que assumem a sua orientação sexual”, explicou Marli Soares.

Para a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Giucélia Figueiredo, a utilização da cultura como forma de sensibilizar e educar a população é um ótimo jeito de mudar conceitos e diluir preconceitos. “Teremos música, artes cênicas, dança, representações culturais das mais diversas formas que darão o mesmo recado. As mulheres também são cidadãs, em todos os sentidos, e este é um direito que deve ser garantido e usufruído com pluradidade. A SEEPM também estará presente orientando as mulheres sobre as políticas públicas disponibilizadas para elas pela Prefeitura de João Pessoa, assim como o trabalho desenvolvido pelo Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (CRMEB)”.

O evento – O espaço da Praça da Paz foi escolhido por ser uma área com uma grande circulação de pessoas, e por ter uma estrutura que irá comportar tudo o que está sendo planejado para o dia. O anfiteatro será usado para as apresentações teatrais e musicais, e o espaço livre da praça para as tendas dos parceiros da atividade.

Na programação, que terá início às 17h, acontecerão as seguintes atividades:

– Roda de diálogo sobre Homofobia Institucional;

– Workshop de Graffiti com o professor Thayroni Arruda;

– Apresentação dos resultados das ações realizadas no Presídio Maria Júlia Maranhão;

– Apresentação do Grupo Afro Nordestina;

– Cantora Camila Rocha;

– Tambores da Lua;

– Cida Alves;

– Eliane Nascimento;

– Apresentação dos alunos do professor Luiz Carlos e o coral Voz Ativa;

– Apresentação dos Vant Vaz e Tribo Ethnos;

– Canto Lírico com a professora Luciola Fernandes;

Também participam da ação “Eu Também sou Cidadã – Pela Criminalização da LGBTfobia, o Centro Estadual de Arte (Cearte), Associação de Deficientes e Familiares (Asdef), Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (CRMEB), Governo do Estado, Marcha das Mulheres Negras 2015, Grupo Mãos Estendidas, Marcha Mundial das Mulheres, Levante LGBT, Associação das Empregadas Domésticas e Casa Rosa.

Secom-JP 

Acesse no site de origem: Atividade ‘Eu Também sou Cidadã – Pela Criminalização da LGBTfobia’ – João Pessoa/PB, 22/05/2015

Compartilhar: