As mudanças no Brasil virão das mulheres, dos negros e do Nordeste, por Ricardo Kotscho

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Uol | 13/07/2020 | Ricardo Kotscho)

Recolhidos os destroços, detritos e escombros da era Bolsonaro, tenho o pressentimento de que um novo, mais justo e solidário Brasil poderá renascer das cinzas no período pós-pandemia. Quem sobreviver, verá. Tive uns sonhos bons esta noite e acordei mais otimista, depois de completar 120 dias de total confinamento, cercado de notícias ruins por todo lado, amigos morrendo, desgraças mil acontecendo aqui e no mundo. Não sei se já está provado cientificamente, mas estou cada vez mais convencido de que a raiva gera tristeza, e a tristeza, mata…

Acesse o artigo completo no site de origem.

Compartilhar: