#LegalESeguro é a mais nova campanha do Cfemea e SPW sobre aborto

496
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

No último dia 26 de junho as organizações feministas Cfemea e Observatório de Sexualidade e Política (SPW) lançaram a campanha Legal e Seguro.

O objetivo é contribuir para o debate sobre direito ao aborto no Brasil. O país tem uma das leis de acesso ao aborto mais restritivas do mundo e, mesmo nos casos já permitidos, a necessidade das mulheres que buscam o procedimento não é satisfatoriamente atendida.

Sobre a campanha

Esta campanha lança luzes sobre a necessidade de inserir adequadamente este tema nos currículos das faculdades de medicina, enfermagem, psicologia, assistência social, tendo como base os protocolos existentes, assim como a indagação sobre o papel das instituições em garantir esse direito.

A campanha é baseada nas seguintes premissas:

1) É preciso que serviços sejam ampliados e devidamente cadastrados, atendendo às normas técnicas;

2) É preciso falar sobre objeção de consciência, um direito individual de profissionais de saúde mas não da instituição que, portanto, não pode ser uma barreira ao funcionamento dos serviços públicos;

3) É preciso que os serviços de aborto legal sejam divulgados à população;

4) É preciso falar do racismo institucional, já identificado em diversos estudos epidemiológicos;

5) É preciso sensibilizar corações e mentes para esta questão.

Cfemea e SPW realizaram uma reunião com especialistas em aborto para debater as barreiras a este atendimento.

Clique nos ícones abaixo para conferir a série de vídeos e gravações para rádio, com depoimentos de participantes do evento.

Divulgue esta campanha em suas redes com a hashtag #LegalESeguro

Compartilhar: