19/03/2012 – Ministras das Mulheres e da Igualdade Racial reafirmam parceria para o enfrentamento ao racismo

362
0
Compartilhar:
image_pdfPDF
(Secretaria de Políticas para as Mulheres) Em audiência na Seppir, ministras Eleonora Menicucci e Luiza Bairros destacaram primeiras frentes de trabalho entre as Secretarias das Mulheres e da Igualdade Racial.
Saúde, articulação com demais ministérios e debate sobre gênero e raça no processo da Rio + 20 – Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável são alguns dos pontos comuns de trabalho entre a SPM e a Seppir.
Em visita à Ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros, realizada na última quarta-feira (14/3), a Ministra das Mulheres, Eleonora Menicucci, reiterou seu compromisso com o enfrentamento ao racismo, classificando-o como “um compromisso de vida e não apenas de governo”. Durante a audiência, ocorrida em Brasília, as ministras apontaram pontos comuns de trabalho, a exemplo da saúde, articulação com os demais ministérios e do processo preparatório da Rio + 20 – Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.
A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM-PR), Eleonora Menicucci, destacou as ações que está realizando junto ao Ministério da Saúde, a exemplo do pedido para republicação das normas técnicas de atendimento humanizado às mulheres em situação de violência, crianças e adolescentes para distribuição entre profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com Menicucci, outra medida solicitada ao Ministério da Saúde é a desagregação por cor dos dados referentes à mortalidade materna – as mulheres negras correm um risco de morte materna 80% mais alto que as brancas.
A ministra das Mulheres comentou o seu empenho para fazer o recorte racial no programa Rede Cegonha e nas ações preventivas à mortalidade materna e de câncer de colo de útero, por exemplo, na articulação da SPM com o Ministério da Saúde.
COMBATE AO RACISMO E SEXISMO INSTITUCIONAIS

Já a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir-PR), Luiza Bairros, destacou a importância de incluir o recorte racial no aprimoramento do programa Rede Cegonha e de garantir estrutura técnica no Ministério da Saúde para a implementação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. Bairros apontou, ainda, o reposicionamento da temática igualdade de gênero e raça nas ações do governo federal destacado no discurso da Presidenta Dilma Rousseff na cerimônia de entrega do Prêmio Bertha Lutz, realizada na terça-feira (13/3).

Para a ministra da Igualdade Racial, é urgente uma normatização que assegure o “compromisso com a superação das desigualdades de gênero e raça nas ações de governo”, a fim de enfrentar entraves como racismo e sexismo institucionais.
RIO+20 – Em conjunto, as ministras das Mulheres e da Igualdade Racial concordaram em unir forças para intensificar a discussão sobre intersetorialidade dos temas de gênero e raça nos diferentes ministérios, a fim de obter ações articuladas e de maior impacto para a superação das desigualdades de gênero e raça, como estabelecem os Planos Nacionais de Políticas para as Mulheres e de Igualdade Racial.
Outro ponto convergente de trabalho da SPM e da Seppir é o debate de gênero e raça no processo preparatório da Rio + 20, visando o fortalecimento do processo, como solicitado pela diretora-executiva da ONU Mulheres, Michelle Bachelet, à ministra Eleonora Menicucci, e a consequente incidência das mulheres no documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável.

Leia em PDF: Ministras das Mulheres e da Igualdade Racial reafirmam parceria para o enfrentamento ao racismo (Secretaria de Políticas para as Mulheres – 19/03/2012)

Compartilhar: