Ativistas agendam atos em defesa da legalização do aborto em capitais brasileiras

1112
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Globo, 24/09/2014) O próximo dia 28 foi eleito por ativistas como o dia latino-americano e caribenho pela legalização do aborto. Para marcar a data, simpatizantes da causa agendaram mobilizações em diferentes capitais brasileiras.

Leia mais: 

Site reúne depoimentos de mulheres que fizeram abortos (Fórum, 24/09/2014)

Pesquisa diz que 20% das brasileiras de até 40 anos já fizeram aborto ilegal (Bom Dia Brasil, 24/09/2014)

Estado do Rio ultrapassou marca de 67 mil abortos no ano passado, segundo levantamento (O Globo, 24/09/2014)

Em 10 anos, mais de 7,5 milhões de abortos no Brasil (O Globo, 22/09/2014)

“O Aborto é a quinta maior causa de morte materna no Brasil. A cada dois dias, uma brasileira (na maioria das vezes pobre e negra) morre por aborto inseguro. Por isso, nesse dia, vamos sair as ruas exigir pelo aborto legal, seguro e gratuito”, justificam os responsáveis na página do evento “Ato pela legalização do aborto – Rio de Janeiro”.

No Rio, o local escolhido para reunião dos participantes é o Posto 6, na Avenida Atlântica, em Copacabana, às 14h. Em meio a cerca de 6 mil convidados, mil já confirmaram presença. Também foram agendados eventos em São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte.

“Mulheres, Tragam seus instrumentos, suas poesias, suas peças de teatro, seu choro e sua dor”, convoca a página do evento em São Paulo. “Vamos fazer o funeral da mulher morta em aborto clandestino. Nossa clima é de luto, quando nossos direitos são moeda de troca. Lutar pela legalização do aborto é lutar pela saúde da mulher.”

Acesse o PDF: Ativistas agendam atos em defesa da legalização do aborto em capitais brasileiras (O Globo, 24/09/2014)

Compartilhar: