20/09/2010 – Mortalidade por câncer cai mais para mulheres que para homens (Estadão)

562
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Estado de S. Paulo) No período de 1980 a 2004, a mortalidade por câncer diminuiu nas capitais brasileiras. Os números revelam que, entre as mulheres, a baixa é mais significativa: 10,5% para elas e 4,6% para os homens.

Segundo o médico Luiz Augusto Marcondes Fonseca, do Departamento de Medicina Preventiva, o que mais contribuiu para a queda dos casos foi a diminuição da mortalidade por câncer de estômago.

“Possivelmente está diminuindo a incidência (de câncer de estômago) e isso ocorre em boa parte do mundo. Câncer é doença de longa produção, então o que se pensa é que a qualidade da comida está melhorando. Para preservar os alimentos, não se usa mais salgar ou defumar, que produzem substâncias carcinogênicas, por que se tem a geladeira”, afirma o especialista.

Os especialistas utilizaram as informações do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). Considerou-se a influência do envelhecimento e analisaram a partir dos diversos tipos de câncer.

Por outro lado, houve um aumento pequeno na taxa de mortalidade de mulheres por câncer de colo de útero e pulmão. Nos homens, subiu a mortalidade por câncer de próstata.

Leia matéria na íntegra: Mortalidade por câncer cai em 25 anos (O Estado de S. Paulo – 20/09/2010)

Compartilhar: