Erundina: ‘Eu nunca faria um aborto, mas não posso determinar isso às mulheres’

852
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Poder Online/iG, 22/04/2014) “A gente não pode centrar o debate do que se está discutindo de projeto para o país a uma questão moral ou religiosa”, afirmou a deputada Luiza Erundina (PSB-SP), com relação às recentes declarações do pré-candidato à presidência pelo PSB, Eduardo Campos contra a legalização do aborto.

“Eu nunca faria um aborto, mas não posso determinar isso às mulheres. Temos que ter liberdade para discutir isso, mas até agora não se conseguiu construir um consenso sobre esta questão”, defendeu a deputada.

Politicamente, no entanto, ela demonstrou alinhamento à posição defendida pelo pré-candidato. “O governador Campos defende o que eu também defendo, que é a manutenção do código em vigor, reconhecendo o direito ao aborto naqueles casos tradicionais”, afirmou Erundina.

“Mas falta uma política pública que garanta esse direito, em sintonia com os movimentos – em especial o de mulheres – que pretendem avançar mais nesta questão como um problema de saúde pública, reduzindo o número de mulheres que chegam até mesmo a perder a vida, pelo aborto inseguro”, ressaltou Erundina.

Acesse no site de origem: “Eu nunca faria um aborto, mas não posso determinar isso às mulheres”, afirmou Erundina (Poder Online/iG, 22/04/2014)

Compartilhar: