Gestantes diagnosticadas com zika no Paraná sofrem aborto espontâneo

543
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Bonde, 17/05/2016) Segundo o novo boletim da dengue, zika e chikungunya divulgado nesta terça-feira (17) pela Secretária da Saúde, duas gestantes, de Irati e Londrina, que contraíram zika passaram por um aborto espontâneo no período agudo da doença.

As outras 18 gestantes são classificadas como alto risco e estão sendo monitoradas em Curitiba (1), Ipiranga (1), Santa Izabel do Oeste (1), Campo Mourão (1), Moreira Sales (1), Colorado (7), Maringá (4), Paiçandu (1) e Santa Helena (1).

Durante o 5º Encontro Mãe Paranaense, que acontece nesta quinta e sexta-feira (19 e 20), em Curitiba, médicos dos hospitais que atendem a Rede em todo o Paraná passarão por capacitações voltadas à infecção por zika vírus durante a gestação.

Até esta terça-feira (17), profissionais da Rede Mãe Paranaense acompanham 27 gestantes infectadas pelo zika vírus. Sete relas já tiveram os bebês nos municípios de Colorado (5), Paranavaí (1) e Rancho Alegre (1). Não foram identificadas anormalidades neurológicas em nenhum deles.

Redação Bonde com AEN

Acesse o site de origem:  Gestantes diagnosticadas com zika no Paraná sofrem aborto espontâneo (Bonde, 17/05/2016) 

Compartilhar: