14/02/2012 – Eleonora nega ter feito treinamento na Colômbia

384
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Estadão.com) A ministra Eleonora Menicucci (Secretaria de Política para as Mulheres) afirmou, por intermédio de curta nota divulgada na noite de ontem, com três itens, que nunca esteve na Colômbia. Disse ainda, no mesmo documento, que a entrevista em que teria dito até que fez curso de aborto no país vizinho “contém imprecisões que a levaram a requerer, em 2010, a sua retirada do site (da Universidade de Santa Catarina)”.

Por fim, na nota, a ministra reafirmou que mantém suas convicções, “expressas em entrevista coletiva realizada em 7 de fevereiro de 2012”, e reitera que, como integrante do governo federal, “defende integralmente as posições do governo”.

Horas antes, a orientação do ministério era não polemizar e não comentar o assunto. A ministra, antes da divulgação da nota, teria orientado a assessoria a dizer que “no governo, cumpre as orientações do governo”, conforme entrevista que concedeu após a posse, semana passada. Ainda de acordo com a assessoria da ministra, “ela sabe diferenciar suas convicções pessoais da função que ocupa no governo”.

No Palácio do Planalto, há a certeza de que Eleonora vai se enquadrar e evitar declarações polêmicas sobre a questão do aborto, passando a defender posições de governo, como na primeira entrevista coletiva. O governo tem consciência de que poderá enfrentar pressões e muitos ataques das alas mais conservadoras do Congresso e da sociedade, por causa das posições pessoais de Eleonora, e até por ter assumido que fez aborto. O entendimento é de que a presidente, ao fazer seu discurso na posse da ministra, deu o recado, que foi entendido pela amiga.

Acesse em pdf: Eleonora nega ter feito treinamento na Colômbia (Estadão.com – 14/02/2012)

Leia também: Texto relata curso de aborto de ministra (O Estado de S. Paulo – 14/02/2012)

Compartilhar: