ONU quer encorajar amamentação em todo o mundo

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Rádio ONU, 01/08/2016) OMS e Unicef afirmaram que é preciso apoiar a criação das condições necessárias para que as mulheres possam amamentar seus bebês a qualquer hora e em qualquer lugar; Semana Mundial da Amamentação vai até 7 de agosto.

A ONU quer que os países criem as condições necessárias para que as mulheres possam amamentar seus bebês a qualquer hora e em qualquer lugar.

Leia mais:
OMS: “Não há leite melhor do que o humano” (El País, 02/08/2016)
11 lugares onde dei amamentei e não aconteceu (quase) nada (El País, 05/07/2016)

A declaração foi feita pela Organização Mundial da Saúde, OMS, e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, para marcar a Semana Mundial de Amamentação, que ocorre entre 1 e 7 de agosto.

Amamentação

A campanha global pretende incentivar a amamentação e melhorar a saúde dos bebês em todo o mundo. A OMS recomenda que o aleitamento materno exclusivo ocorra desde o nascimento até os bebês completarem seis meses de idade.

Depois deste período, podem ser adicionados alimentos complementares nutritivos à amamentação até que a criança complete pelo menos dois anos.

As agências da ONU afirmaram que toda a sociedade tem um papel a desempenhar para tornar “as nossas comunidades mais amigas da amamentação”.

Os Estados-membros da OMS se comprometeram a aumentar a taxa de aleitamento materno exclusivo até 50% até 2030, como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A agência disse que a taxa de aleitamento materno exclusivo não melhora há duas décadas.

Alimento Ideal

A OMS destaca que o leite materno é o alimento ideal para recém-nascidos. Segundo ela, o alimento é “seguro, limpo e contém anticorpos que ajudam a proteger os bebês contra muitas doenças comuns da infância.”

Os benefícios em crianças inclui o fato de que os menores amamentados têm um melhor desempenho em testes de inteligência, são menos propensos ao excesso de peso ou obesidade e o diabetes mais tarde na vida.

De acordo com a OMS, as mulheres que amamentam apresentam um menor risco de contrair os câncer da mama e do ovário.

Eleutério Guevane; Apresentação: Edgard Júnior

Acesse no site de origem: ONU quer encorajar amamentação em todo o mundo (Rádio ONU, 01/08/2016)

Compartilhar: