Organizações lançam declaração pelos direitos reprodutivos na América Latina e Caribe

Aborto na América Latina – Credito – Fernando Frazão – Agência Brasil

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

17 de agosto, 2022 Por Portal Catarinas

Mais de 70 lideranças se reuniram na Colômbia para debater estratégias de acesso aos direitos reprodutivos e autonomia na região

(Daniela Valenga/ Portal Catarinas) Um grupo formado por mais de 70 lideranças de diferentes países da América Latina e Caribe lançou uma declaração pelo acesso aos direitos reprodutivos e sexuais como algo essencial para a construção de sociedades democráticas. O documento é resultado da II Reunião Latino-americana e do Caribe de Causa Justa, que ocorreu entre os dias 8 e 9 de agosto em Bogotá (Colômbia), momento em que lideranças refletiram e compartilharam experiências na luta pela liberdade e autonomia reprodutiva das mulheres.

O encontro foi idealizado pela Causa Justa, movimento formado por mais de 90 organizações responsável por apresentar, em fevereiro deste ano, à Corte Constitucional da Colômbia a demanda que levou à despenalização do aborto até a 24ª semana de gestação. O movimento agora atua para que a decisão seja cumprida e as pessoas que gestam possam acessar o direito.

Segundo a Causa Justa, o encontro teve como proposta organizar um intercâmbio de redes, campanhas e coalizões nacionais e regionais que impulsionem reformais legais para assegurar o direito ao aborto seguro, como ocorreu na Colômbia. “Compartilhamos estratégias exitosas e desafios atuais, identificamos ações coletivas para possibilitar um olhar crítico em torno do tratamento penal do aborto e avançarmos segundo as oportunidades nacionais e regionais”, relatou a Causa Justa no Instagram da organização.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Nossas Pesquisas de Opinião

Nossas Pesquisas de opinião

Ver todas
Veja mais pesquisas