Site que ajuda a fazer aborto legal levou oito brasileiras para a Colômbia

Compartilhar:
image_pdfPDF

Em quatro meses, o projeto “Milhas pela vida das mulheres” enviou oito mulheres para a Colômbia para realizarem abortos legais.

Três mulheres receberam apoio financeiro da iniciativa e outras cinco, orientação e acompanhamento para contato com a clínica colombiana e preparação para a viagem.

O “Milhas pela vida das mulheres” foi criado em setembro pela cineasta Juliana Reis e pela ativista Rebeca Mendes para arrecadar milhas aéreas e recursos para viabilizar viagens para mulheres atrás de um meio seguro e legal de abortar. Desde a criação, o projeto angariou 45 mil milhas, R$ 15 mil e mais de 60 pedidos de ajuda.

Por Marta Szpacenkopf

Compartilhar: