Enem 2018 teve questões sobre racismo, violência contra as mulheres e manipulação de usuários por meio da internet

593
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

No primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018), estes foram alguns dos destaques divulgados pelo portal de notícias G1

(G1, 04/11/2018 – acesse na íntegra no site de origem):

“Em linguagens, os destaques foram para um trecho da obra “1984”, de George Orwell, os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Agenda 2030 da ONU e o “protesto feminista” feito pelas candidatas do Miss Peru 2018.”

“A ativista americana Rosa Parks, que entrou na história ao desafiar uma lei de segregação entre negros e brancos nos Estados Unidos, também inspirou uma questão do Enem. O ônibus no qual ela sentou nos primeiros lugares, recusando-se a usar apenas os assentos traseiros destinados a negros, foi o centro do enunciado.”

Redação: A prova de redação teve como tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet” e teve quatro textos motivadores, sendo que três deles são trechos de reportagens e um trouxe um gráfico com dados.”

“O gráfico que aparece na prova de redação é um organograma de dados produzido pelo IBGE com o perfil dos usuários de internet no Brasil em 2016, com detalhes sobre o uso da internet entre homens e mulheres.”

Linguagens: A prova de linguagens teve questões sobre o feminismo e a violência contra a mulher, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, racismo e o Hino Nacional.

O feminismo e a violência contra a mulher apareceu [sic] duas vezes na prova. Em um primeiro momento, a questão mostrava o concurso de miss Peru 2018 em que as 23 candidatas se manifestaram contra a violência envolvendo mulheres. No quadro em que apresentariam suas medidas (altura, peso), as 23 participantes destacaram estimativas de feminicídio, agressões e assédio sexual contra a mulher. O fato foi noticiado na mídia na época que ocorreu. O aluno deveria indicar o que ele identificava como violência contra a mulher no texto apresentado.”

“Em um segundo momento, o tema apareceu em uma questão que mostrava um cartaz de uma campanha de 2017, feita em Porto Alegre, para divulgar um número de denúncia de violência contra a mulher. A partir deste cartaz, o aluno teria que falar qual o modo interativo que indica o comportamento dos usuários a partir desta campanha.

Os 70 anos da declaração universal dos direitos humanos foi abordado em uma entrevista que citava os objetivos da agenda 2030. O estudante tinha que identificar quais eram estes objetivos.

O racismo foi abordado em um texto sobre a estética de beleza de homens e mulheres negros. O aluno deveria identificar onde estava o racismo naquele contexto.’

Compartilhar: