Uma visão feminista da Cúpula dos Povos #4

633
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

informativo_4_

Mulheres rumo à Cúpula
Feminismos contra o capitalismo verde
“O feminismo antirracista e anticapitalista, que luta pela igualdade e pelo fim da opressão das mulheres, tem propostas para a humanidade e é uma força organizada em todo o mundo”. Assim é o início do panfleto unificado que convoca para a grande mobilização das mulheres na Cúpula dos Povos. AMB- Articulação de Mulheres Brasileiras e MMM – Marcha Mundial de Mulheres.

http://www.ciranda.net/fsm-2011-dakar/

Cantando palavras de ordem

 

Ainda nesta noite, AMB da Paraíba juntou-se ao ônibus que leva o Fórum de Mulheres do Ceará e Tambores de Safo rumo a Cúpula dos Povos numa delegação que segue a cada parada, fazendo intervenções com canto, batuque e criando palavras de ordem e musicando…

“Chora a floresta, a floresta chora

Chora a floresta mas o governo não olha!

Quantos indios morreram para o Brasil caminhar…

A história se repetindo para um belo monstro criar

Chora a floresta, a floresta chora

Chora a floresta mas o governo não olha!

o lugar em que eu nasci luto para preservar

A natureza está em mim e isso ninguém vai mudar

Identidade eu sustento

O mangue é meu alento

Índio é conhecimento

Você não pode comprar

Chora a floresta, a floresta chora

Chora a floresta mas o governo não olha!”

Uma visão feminista das causas estruturais
A sociedade capitalista e patriarcal se estrutura em uma divisão sexual do trabalho que separa o trabalho dos homens e o das mulheres e define que o trabalho dos homens vale mais que o das mulheres. O trabalho dos homens é associado ao produtivo e o trabalho das mulheres ao reprodutivo…

Leia mais: http://sof.org.br/

Rádio Cúpula dos Povos no ar
A Rádio Cúpula dos Povos já está no ar. Pedimos a todos publicar o player (stream) da rádio e a grade de programação, para que outras rádios, blogs e websites possam retransmitir a programação. A transmissão ao vivo será entre os dias 15 e 22 de junho, das 7:30 às 24h, horário de Brasília.

Para ouvir a rádio: http://player.jardim.in/radiocupula.html

A grade de programação da rádio:

http://cupuladospovos.org.br/wp-content

A gravação desta programação em arquivos de áudio (podcast) estará na pla

taforma digital da cúpula:

http://rede.cupuladospovos.org.br/

Mais informações no site da Rádio Cúpula dos Povos:

http://cupuladospovos.org.br/

 

 

Compromisso com a democratização da comunicação
Além das atividades propostas pela organização do FMML, exibições de vídeo e mais de 30 atividades autogestionadas completam a programação do fórum. Conheça mais sobre as autogestionadas que acontecerão nos dias 16 e 17 de Junho, em duas versões

http://www.ciranda.net/fsm-2011-dakar/

http://medias-libres.rio20.net/

Redes sociais sem censura e com privacidade
Um diálogo entre as redes que não obedecem a nenhuma agenda corporativa, onde internautas são livres para se comunicar e desenvolvedores são livres para utilizar, adaptar e aperfeiçoar códigos e conteúdos. Entrevista com Pedro Noel, da Rede Global Square, rumo ao Fórum Mundial de Mídia Livre.

http://www.ciranda.net/fsm-2011-dakar/

Porto Alegre e Davos encontram-se no Rio
Evento promovido pela ONU oferecerá a organizações civis chance de confrontar ideias e espaço inédito na mídia que as despreza

http://www.outraspalavras.net/

 

 

Sou Anonymous?
Gabriella Colemannarra sua experiência de viver entre mundos.Aprender como funcionam os Anonymous significa aprender a ser um.

http://www.ciranda.net/fsm-2011-dakar/

Este informativo é uma contribuição da Ciranda Internacional de Comunicação Compartilhada e do Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos para o debate e construção do II Fórum Mundial de Mídia Livre, que acontece no âmbito da Cúpula dos Povos.

Leia as edições anteriores:

Compartilhar: