Falece Therezinha Zerbini, fundadora do Movimento Feminino pela Anistia

635
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Patrícia Galvão/Géssica Brandino, 16/03/2015) Faleceu neste sábado (14), aos 87, a advogada Therezinha Zerbini, fundadora do Movimento Feminino pela Anistia, que teve uma atuação marcante no enfrentamento à ditadura militar. Casada com o general Euryale de Jesus Zerbini, que foi cassado pelo golpe de 1964, ela se tornou uma das vozes de oposição ao regime, dando apoio a estudantes e intelectuais que lutavam contra a ditadura.

Leia também:
Dilma e ministra lamentam a morte da advogada Therezinha Zerbini (Agência Brasil, 15/03/2015)
Nota de pesar – Falece fundadora do Movimento Feminino pela Anistia (SPM-PR, 16/03/2015)
Morre Therezinha Zerbini, fundadora do Movimento Feminino pela Anistia (G1/SP, 15/03/2015)

A presidente da União de Mulheres de São Paulo e membro da Comissão Nacional da Verdade, Amelinha Teles, lembra que Therezinha foi presa pelo ativismo político, mas se manteve ativa após sair da prisão. “Tão logo saiu da cadeia, ela tomou a frente na criação do Movimento Feminino pela Anistia no sentido de libertar tantos presos políticos, quando trazer de volta os exilados, como também aqueles que permaneceram no país de forma clandestina”.

Em 1975, ela foi ao México participar da 1ª Conferência Mundial sobre as Mulheres, com o intuito de divulgar o manifesto das mulheres a favor da Anistia, o que deu força ao movimento.

“Sempre respeitei muito a Therezinha por ter coragem de levantar a bandeira da Anistia, em qualquer lugar onde ela estivesse, na época sombria da ditadura. Era uma mulher destemida e merece todo o nosso respeito. Ficará na memória das mulheres por ter representado uma importante força, sem dúvida alguma”.

Compartilhar: