Conselho Nacional dos Direitos Humanos destaca relatório de graves violações de direitos praticados pela mídia brasileira

751
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Na abertura da 20ª reunião ordinária do Conselho Nacional dos Direitos Humanos (CNDH), nesta sexta-feira (16), com a participação do secretário especial de Direitos Humanos substituto, Embaixador Sílvio Albuquerque, a aprovação do Relatório sobre Direito à Comunicação e à Liberdade de Expressão na Mídia Brasileira ganhou destaque.

(SDH, 16/09/2016 – Acesse no site de origem)

O CNDH recebeu denúncia das organizações envolvidas no documento de graves violações de direitos humanos e infrações a leis na mídia brasileira em programas de jornalismo policial de rádio e TV.

Entre os temas da reunião, que iniciou nesta quinta (15), foram relatados também a participação do Conselho no III Congresso Nacional da População de Rua e na IV Marcha contar o Genocídio do Povo Negro.

Plataforma Mídia sem Violações de Direitos

Nesta quarta-feira (14), em Brasília, foi lançada a Plataforma Mídia sem Violações de Direitos, desenvolvida pelo Intervozes em parceria com a Fundação Rosa Luxemburgo.

A ferramenta permite que qualquer cidadão possa fazer reclamações sobre possíveis abusos cometidos por emissoras de televisão, e funciona como um instrumento da campanha homônima “Mídia sem Violações de Direitos”, também apresentada no evento.

Saiba mais: http://www.midiasemviolacoes.com.br/

Compartilhar: