Oscar 2017 tem maior número de negros indicados; lista vai de Viola Davis a Ava DuVernay

Compartilhar:
image_pdfPDF

São 20 profissionais negros, marca que supera as dez indicações de 1985. Edição é a 1ª com negros indicados em todas as categorias de atuação.

(G1, 22/02/2017 – acesse a ínetgra no site de origem)

Depois de dois anos sem negros nas categorias principais, o Oscar 2017 tem 20 negros concorrendo. São atores, atrizes, produtores, roteiristas. Juntos, bateram o recorde de premiação com mais profissionais negros concorrendo. A marca anterior, dez indicações, era de 1985. “A Cor Púrpura” rendeu nove, somada a mais uma de “White Nights”.

Além dessa marca, a edição de 2017 tem outros marcos. Pela primeira vez…

  1. O número de atores negros indicados chega a seis, e bate o recorde de cinco indicações em 2006 e em 2004
  2. É o primeiro ano em que há atores negros concorrendo em todas as categorias de atuação.
  3. Viola Davis se tornou a primeira mulher negra a ser indicada três vezes
  4. Entre os homens, Denzel Washington quebrou seu próprio recorde com esta sétima indicação
  5. É o primeiro ano em que há três negra(os) concorrendo em uma mesma categoria: Viola Davis, Naomi Harriz e Octavia Spencer disputam em atriz coadjuvante
  6. Joi McMillon, de “Moonlight”, é a primeira mulher negra na categoria de edição
  7. Barry Jenkins, diretor e produtor de “Moonlight”, se tornou o primeiro negro indicado nas categorias de melhor diretor, filme e roteiro adaptado
  8. Quatro filmes de produtores negros concorrem em documentário: AvaDuvernay (“13ª emenda”), Ezra Edelman (“O.J.: Made in America”), Raoul Peck e Hébert Peck (“Eu não sou o seu negro”) e Roger Ross Williams (“Vida, animada”).

Veja a lista de profissionais negros que concorrem a algum prêmio no Oscar 2017:

Denzel Washington, produtor e ator por “Um Limite entre Nós”

Resultado de imagem para Denzel Washington, produtor e ator por "Um Limite entre Nós"

Após protagonizar em 2010 a remontagem de “Um limite entre nós” no teatro ao lado de Viola Davis, Denzel Washington transformou a trama em filme: é um dos produtores e dirige “Um Limite entre Nós”. Ele vive um jogador de baseball que se torna lixeiro, após ser impedido de jogar por questões raciais. Dono de duas estatuetas do Oscar, a de coadjuvante por “Tempo de Glória” (1989) e ator por “Dia de Treinamento” (2001), tem como principal concorrente Casey Affleck, de “Manchester a Beira Mar”.

Pharrell Williams, produtor de “Estrelas além do tempo”

Resultado de imagem para pharrell

Você deve conhecê-lo por músicas como “Get Luck”, “Happy” e “Beautiful”, mas Pharrell Williams já deu as caras no Oscar. Em 2004, concorreu pela música original de “Meu Malvado Favorito 2”. Como produtor, seu primeiro trabalho é “Estrelas além do Tempo”, filme sobre técnicas negras que trabalharam na agência espacial norte-americana.

Kimberly Steward, produtora de “Manchester à beira mar”

Resultado de imagem para kimberly steward manchester by the sea

Em seu primeiro trabalho de peso, Kimberly Steward emplacou com o drama comovente em torno de uma tragédia familiar. “Manchester à beira mar” rendeu sua primeira indicação ao Oscar.

Compartilhar: