Mais mulheres na política contribuem para redução da mortalidade infantil, diz estudo

Compartilhar:
image_pdfPDF

Pesquisador da Unicamp aposta em fortalecimento de candidaturas feministas para melhoria de políticas públicas sociais e de saúde.

(Huffspot Brasil | 07/07/2020 | Marcella Fernandes )

A presença de mulheres na política reflete na redução da mortalidade de crianças menores de 5 anos, de acordo com estudo de pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade dos Andes, em Bogotá (Colômbia), e do Banco de Desenvolvimento Interamericano, em Washington (EUA).

Segundo a pesquisa, o impacto positivo é observado quando mulheres são eleitas prefeitas e também quando ocupam ao menos 20% das assembleias legislativas estaduais e 10% da Câmara Federal. Essa melhora ocorre independente da representante eleita ser de um partido de esquerda, centro ou direita.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: