Nosso corpo é arma política, fala antes de abrirmos a boca, diz cofundadora do coletivo Juristas Negras

Compartilhar:
image_pdfPDF

Coletivo busca aumentar a inclusão de mulheres negras no sistema de Justiça

(Folha de S.Paulo | 20/11/2020 | Por Renata Galfe)

Um grupo de mulheres negras fundou em 2019 o coletivo Abayomi Juristas Negras. O foco delas é combater o racismo institucional e aumentar a inclusão de mulheres negras no sistema de Justiça.

O coletivo surgiu em Pernambuco e hoje já atende pessoas em todo país, oferecendo capacitação e treinamento para concursos públicos e para o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Chiara Ramos, que é cofundadora da Abayomi e procuradora federal, foi quem criou a metologia. Ela destaca que, além do conteúdo cobrado nos concursos, a metodologia se volta também a questões físicas, emocionais e espirituais dos candidatos.

Acesse essa matéria na íntegra no site de origem

Compartilhar: