Secretaria de Segurança cobra aulas de direitos humanos para policiais de SP

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo, 22/08/2016) A inclusão de disciplinas sobre racismo, direitos LGBT, pessoas com deficiência e idosos na formação dos policiais em São Paulo começou a ser fiscalizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. A assessora especial de direitos humanos da pasta, Marcia Garutti, é quem está pedindo as informações.

AULA OBRIGATÓRIA

“Houve o compromisso das academias de inserir essas matérias no currículo e agora queremos verificar a implementação”, diz Marcia, que é defensora pública e se afastou da função para assumir a assessoria. Para ela, o aprendizado de temas ligados a direitos humanos “pode contribuir, inclusive, para o combate a problemas como a violência e a letalidade policiais”.

Mônica Bergamo

Acesse o PDF: Secretaria de Segurança cobra aulas de direitos humanos para policiais de SP (Folha de S.Paulo, 22/08/2016)

Compartilhar: