Seminário Nós e as Desigualdades – São Paulo/SP, 09/04/2019

Compartilhar:
image_pdfPDF

Em sua segunda edição, a Oxfam Brasil lança em parceria com o Instituto DataFolha uma pesquisa de opinião pública nacional sobre como pensam os brasileiros e brasileiras sobre diversos aspectos relacionados às desigualdades, mobilidade social e políticas públicas – em especial tributação e gastos

O evento é gratuita. Faça sua inscrição aqui.

O seminário Nós e as Desigualdades acontece no dia 9/4, das 13h30 às 19h no Tuca e irá discutir os resultados e implicações dessa pesquisa em dois painéis:

Painel 1: As desigualdades no imaginário brasileiro

À luz da pesquisa Oxfam Brasil/Datafolha, este painel debaterá o imaginário brasileiro sobre as desigualdades. Como as desigualdades são percebidas no Brasil? O que orienta as construções de status na sociedade? Como as discriminações de gênero e raça contribuem para essas construções? O objetivo principal do painel é discutir formas de enfrentar as desigualdades tocando o imaginário das pessoas.

Participantes:

  • Flávia Oliveira (jornalista da Globonews e CBN)
  • Esther Solano (socióloga e pesquisadora na Unifesp)
  • Henry Grazinolli (documentarista e roteirista da Social Docs)
  • Mediação: Tauá Pires

Ementa Painel 2: políticas públicas para redução de desigualdades

Brasileiros querem um país mais justo. Demonstrações disso estão colocadas na Constituição Federal, e em reiteradas pesquisas de opinião. No entanto, desde a abertura democrática, progredimos menos do que almejamos em redução de desigualdades, estagnando em alguns momentos. À luz da pesquisa Oxfam Brasil/Datafolha, este painel confrontará as políticas consagradas em termos de redução de desigualdades com as expectativas da população. Quais são as políticas públicas com maior impacto na redução de desigualdades? O que precisamos para expandi-las? O objetivo principal do painel é discutir como avançar em políticas considerando as opiniões dos brasileiros sobre estes temas.

Participantes:

  • Luana Passos (economista e pesquisadora na UFMG)
  • Marta Arretche (cientista política e pesquisadora na USP e no Cebrap)
  • Jailson de Souza e Silva (diretor da Universidade Internacional de Periferias)
  • Mediação: Adriana Couto
Compartilhar: