Adolescentes de iniciativa da ONU Mulheres se destacam em cerimônia do Comitê Olímpico Internacional

739
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(ONU Brasil, 20/06/2016) Meninas participantes do programa conjunto entre a ONU Mulheres e o Comitê Olímpico Internacional “Uma Vitória Leva à Outra” foram convidadas especiais no lançamento da cerimônia de premiação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Nas arquibancadas da Arena do Futuro, no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, mais de 100 meninas adolescentes, participantes do programa “Uma Vitória Leva à Outra”, compunham, na última terça-feira (14), o seleto público convidado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para assistir ao lançamento da cerimônia de premiação dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

“Quanto de suor, lágrimas e raça, muita raça, é necessário para chegar ao pódio?”. A pergunta que abriu o evento relembrava a elas um dos aprendizados que vêm adquirindo com o programa: vitórias são frutos de disciplina, foco, determinação e superação. Habilidades que se aprende no esporte e que ficam para a vida toda.

“O esporte é uma ferramenta de empoderamento muito importante. Além de contribuir para o ganho de autoestima, fortalecer o trabalho em equipe e ensinar a ter metas e objetivos, quando combinado com a criação de espaços seguros, também se torna um estímulo para que as meninas trabalhem questões pessoais”, explica Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres no Brasil.

Com empolgação, expressa em olhos atentos, sorrisos e muitas palmas, durante a cerimônia, as meninas foram apresentadas, em primeira mão aos objetos cobiçados pelas/os melhores atletas do mundo: o pódio e as medalhas olímpicas e paralímpicas. “Para mim, é uma alegria e uma inspiração. É como se eu participasse mesmo das Olimpíadas”, diz Thaiza Vitória da Silva, de 15 anos, que pratica handball na Vila Olímpica José Manoel Tubino, em Jacarepaguá.

“Durante a puberdade e adolescência, oprimidas por diversos estereótipos de gênero nocivos, as meninas acabam se retraindo e deixando de ocupar o espaço público. Eventos como esse são estímulos para que elas se apropriem de espaços que são seus por direito”, comenta a coordenadora do programa, Thays Prado.

Ao final da cerimônia, o centro da Arena do Futuro, um dos locais que será foco das atenções do mundo durante as Olimpíadas, foi tomado pelas meninas do programa. Elas queriam ver as medalhas de perto, fazer poses de ginástica no palco, conversar com a imprensa, pedir autógrafo a ex-atletas presentes e tirar fotos com o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach.

Embaixador da campanha ElesPorElas (HeForShe), da ONU Mulheres, e parceiro na luta pela igualdade de gênero, Bach relembrou a importância de investir em programas sociais focados no empoderamento de meninas adolescentes: “É para isso que apoiamos o programa da ONU Mulheres, para ajudar jovens mulheres a se tornarem futuras líderes no Brasil e na sociedade”.

Adrielle Alexandre, de 12 anos, praticante de ginástica rítmica, artística e ballet no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, tem tudo para ser uma dessas líderes.

“Tanta gente no Brasil e eu fui uma das escolhidas. É uma oportunidade única e uma chance de representar minha Vila Olímpica, meu bairro, as pessoas da Zona Oeste. É muito legal representar tanta gente”, disse Adrielle, indicada para carregar a Tocha Olímpica durante o revezamento no Rio de Janeiro.

Para ela e para tantas outras meninas participantes do programa, uma trajetória de vitórias no esporte e na vida está apenas começando.

Sobre o programa ‘Uma Vitória Leva à Outra’

“Uma Vitória Leva à Outra” é um programa conjunto entre ONU Mulheres e o Comitê Olímpico Internacional (COI), em parceria com a ONG ‘Women Win’ e o Comitê Olímpico do Brasil, com o apoio da Loteria Sueca.

Desenvolvido em Vilas Olímpicas e ONGs do Rio de Janeiro, o programa tem como objetivo criar espaços seguros para que meninas possam praticar esportes e participar de oficinas onde aprendem sobre liderança e autoestima; saúde e direitos sexuais e reprodutivos; eliminação da violência contra mulheres e meninas e educação financeira. Saiba mais em www.umavitorialevaaoutra.org.br

Acompanhe as ações da ONU relacionadas ao esporte para o desenvolvimento humano e pela paz em https://nacoesunidas.org/tema/esporte

Acesse no site de origem: Adolescentes de iniciativa da ONU Mulheres se destacam em cerimônia do Comitê Olímpico Internacional (ONU Brasil, 20/06/2016)

Compartilhar: