Diretora da ONU Mulheres afirma que ganho real do salário mínimo reduziu distorção salarial de gênero no Brasil

983
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(SPM, 23/06/2015) A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR), Eleonora Menicucci, participou da palestra proferida pela diretora regional da Organização das Nações Unidas (ONU) Mulheres para Américas e Caribe, Luiza Carvalho, na sede da Organização Pan-Americana  de Saúde-Organização Mundial da Saúde em Brasília (OPAS/OMS), na noite desta segunda-feira (22/06).

A diretora regional falou sobre o relatório “O Progresso das Mulheres no Mundo 2015-2016: transformar as economias para realizar direitos”  e destacou os avanços ocorridos no Brasil, como o ganho real do salário mínimo, “que é aclamado em todo o mundo”.  Segundo o documento, o aumento do salário mínimo reduziu a brecha salarial de gênero de 38% para 29% no País.

Eleonora Menicucci  falou sobre a importância da parceria da SPM com a ONU Mulheres e demonstrou que o Brasil tem investido em políticas fundamentais para garantir direitos às mulheres. A ministra mostrou em linhas gerais ações da SPM, como o Programa Mulher Viver sem Violência , a Casa da Mulher Brasileira e o Programa Pró- Equidade de Gênero e Raça.

O relatório foi divulgado em inglês e espanhol em abril deste ano. A versão em português está sendo preparada, conforme informou a representante da ONU Mulheres no Brasil, Nadine Gasman.  Ela afirmou que o Brasil tem apresentado ganhos em relação às políticas públicas voltadas para as mulheres, destacando as ações de combate à violência, empoderamento das mulheres e de igualdade de gênero.

Participaram do evento autoridades do governo brasileiro e de organismos internacionais. Pela SPM, estavam presentes as secretárias de Políticas do Trabalho e Autonomia Econômica das Mulheres, Tatau Godinho, a de Articulação Institucional e Ações Temáticas, Rosali Scalabrin;  a secretária-executiva, Linda Goulart, e a secretária adjunta de Enfrentamento à Violência conta as Mulheres, Aline Yamamoto.

Visita – A  brasileira Luiza Carvalho, realiza esta semana sua primeira missão oficial ao Brasil. De 22 a 26 de junho, ela tem compromissos em Brasília, São Paulo, Foz do Iguaçu e Rio de Janeiro. Investida no cargo desde setembro de 2014, Luiza Carvalho tem dedicado parte da agenda em missões na América Latina e Caribe para estreitar laços diplomáticos e ampliar a interlocução com autoridades, empresas e sociedade civil, em favor do mandato da ONU Mulheres: da igualdade de gênero e do empoderamento das mulheres.

Comunicação Social

Acesse no site de origem: Diretora da ONU Mulheres afirma que ganho real do salário mínimo reduziu distorção salarial de gênero no Brasil (SPM, 23/06/2015)

Compartilhar: