Formalização não atinge domésticas apesar de nova lei

709
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo, 11/04/2014) A formalização do mercado de trabalho aumentou no Brasil em todas as regiões na comparação entre o último trimestre de 2012 e o mesmo período do ano passado para os empegados do setor privado.

No entanto, na categoria dos trabalhadores domésticos não houve avanço, apesar da edição da PEC das domésticas em 2013.

O percentual desses trabalhadores com carteira assinada teve pequena redução –de 31,3% no 4º trimestre de 2012 para 31,1% em igual período de 2013.

Os domésticos são a categoria com menor grau de formalização e esperava-se que a exigência de registro em carteira pudesse intensificar esse movimento.

Uma das hipóteses de analistas é que algumas mensalistas com carteira assinada foram trocadas por diaristas.

Acesse o PDF: Formalização não atinge domésticas apesar de nova lei

 

 

Compartilhar: