Mulheres eram mais da metade dos desempregados no 2º trimestre

821
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Globo, 17/08/2016) Adultos de 25 a 39 anos são 35% da população desocupada

Entre os desempregados no país no segundo trimestre, as mulheres eram mais da metade do total, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE. De abril a junho, elas representavam 50,9% dos desocupados no Brasil.

Apenas na região Nordeste o percentual de mulheres na população desocupada (48,4%) foi inferior ao de homens. A maior participação das mulheres entre os desocupados foi observada na região Centro-Oeste (54,8%).

Entre a população ocupada, os homens são maioria (57,2%) no resultado geral e por regiões, sobretudo na Norte, onde os homens representavam 61% dos trabalhadores no segundo trimestre de 2016. O Sudeste é a região com maior participação feminina (44%).

Já o grupo de 14 a 17 anos de idade representava 9,5% das pessoas desocupadas, enquanto os jovens de 18 a 24 anos eram 32,5% no Brasil no segundo trimestre de 2016. Os adultos de 25 a 39 anos de idade (35%) representavam a maior parcela entre os desocupados.

A análise por grupos de idade mostrou que 12,8% dos ocupados eram jovens de 18 a 24 anos. Os adultos de 25 a 39 anos e 40 a 59 anos de idade representavam 78,1% e os idosos somavam 7,1% dos ocupados. A região com maior proporção de jovens ocupados é a Norte, onde a população de 18 a 24 anos representava 14,4% dos ocupados.

Por escolaridade, a pesquisa mostrou no segundo trimestre de 2016 que mais da metade dos ocupados no Brasil tinha concluído pelo menos o ensino médio (55,1%), 29,3% não tinham concluído o ensino fundamental e 17,8% tinham concluído o nível superior.

No segundo trimestre de 2016, 52% das pessoas desocupadas tinham concluído pelo menos o ensino médio. Cerca de 25% não tinham concluído o ensino fundamental. Aquelas com nível superior completo representavam 8,9%. Estes resultados não se alteraram significativamente ao longo da série histórica disponível. 25 a 39 anos são 35% da população desocupada.

A taxa geral, divulgada pelo IBGE no fim de julho, ficou em 11,3% no trimestre encerrado em junho. A taxa é a maior já registrada pela série histórica da Pnad. A população desocupada cresceu 4,5% em relação ao primeiro trimestre e chegou a 11,6 milhões de pessoas. Já na comparação com o 2º trimestre de 2015, o aumento foi de 38,7%.

Daiane Costa

Acesse o PDF: Mulheres eram mais da metade dos desempregados no 2º trimestre (17/08/2016)

Compartilhar: