Fundado em 2001, o Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos é uma organização social sem fins lucrativos que atua nos campos dos direitos das mulheres e da comunicação. Sua missão é contribuir para a qualificação do debate público sobre questões críticas para as mulheres no Brasil, a partir da produções de conteúdos, dossiês, sugestões de pautas e notícias junto à imprensa e mobilização de mídias sociais, além de realização de pesquisas de opinião, eventos e campanhas para fomentar a reflexão social e demandar respostas do Estado e/ou mudanças na sociedade e na mídia.

O Instituto Patrícia Galvão é hoje uma organização feminista de referência quando o tema em pauta se refere aos direitos das mulheres. Conheça algumas frentes de ação do Instituto:

– Realiza pesquisas de opinião qualitativas e quantitativas acerca de um determinado fenômeno ou situação crítica que atinge as mulheres na sua condição de desigualdade de gênero.

– Produz matérias jornalísticas, pautas, informativos e publicações especiais impressas e online, disponibilizando dados e informações atualizados e confiáveis sobre temas relevantes dos direitos das mulheres como, por exemplo: violência doméstica, feminicídio, violência sexual, participação das mulheres na política, representação da imagem das mulheres na mídia e o impacto da epidemia do zika vírus sobre as vidas das brasileiras.

– Produz dossiês especiais, elaborados com linguagem jornalística, contendo entrevistas e análises relevantes (de especialistas de diferentes campos – operadores/as do Direito, gestoras/es, pesquisadoras/es e ativistas, entre outros), compilações e sistematizações de dados, divulgação de resultados de estudos, estatísticas sociodemográficas e pesquisas de opinião. Como exemplos recentes, lançou, em 2015, o Dossiê Violência contra as Mulheres e, em 2016, o Dossiê Feminicídio.

– Sensibiliza e mobiliza profissionais de imprensa e da comunicação digital por meio da realização de eventos com especialistas em que são apresentados Dossiês contendo dados e informações atualizados sobre temas e emergências trabalhados pela instituição, além de sugestões de fontes e contatos.

– Realiza eventos de debate e reflexão sobre temas críticos para as mulheres, como os Seminários Mulher e Mídia e o Seminário Internacional Cultura da Violência contra as Mulheres.

– Realiza acompanhamento sistemático e análise da cobertura jornalística sobre os temas em destaque na agenda de prioridades da instituição, como, por exemplo: violência contra as mulheres, mulheres na política, mulheres e trabalho, direitos sexuais e reprodutivos, racismo, lesbofobia e transfobia.

– Contribui para a qualificação dos debates sobre a conceituação, contextualização e características de questões relevantes dos direitos das mulheres a partir da disponibilização sistemática de dados, informações atualizadas, matérias jornalísticas e conteúdos no Portal da Agência Patrícia Galvão.