Denúncias de sites machistas caem após correção de pesquisa do Ipea

1141
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo, 08/04/2014) Desde que o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) assumiu, na última sexta-feira, um erro na pesquisa sobre violência contra mulher, houve um revés na campanha antiestupro difundida pelas redes sociais.

Após o instituto corrigir de 65% para 26% a proporção de brasileiros que apoiam ataques a mulheres que mostram o corpo, a média diária de sites denunciados por incitação ao estupro diminuiu 98%, de acordo com dados fornecidos ontem à Folha pela ONG Safernet.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Denúncias de sites machistas caem após correção de pesquisa do Ipea

 

 

 

Compartilhar: