Experiência de juizados itinerantes reforça necessidade de interiorização da Lei Maria da Penha

981
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Compromisso e Atitude) Ações itinerantes da Justiça levam a Lei Maria da Penha a comunidades isoladas no País, onde especialistas apontam que a violação dos direitos das mulheres é perpetuada pela naturalização da violência. Profissionais à frente das experiências reforçam a importância da articulação do Sistema de Justiça para instalar equipes fixas de toda a rede de enfrentamento nos rincões do Brasil

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Experiência de juizados itinerantes reforça necessidade de interiorização da Lei Maria da Penha (Compromisso e Atitude, 06/03/2014)

Compartilhar: