Denúncias de feminicídio e tentativas de assassinato a mulheres mais que triplicam no país

742
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180, recebeu, em média, uma denúncia de feminicídio ou de tentativa de feminicídio a cada duas horas. Dados são do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

(G1, 17/12/2019 – acesse no site de origem)

Denúncias de feminicídio e tentativas de assassinato de mulheres mais que triplicam em todo o Brasil.

Dados da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, serviço do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, apontam que, entre janeiro e outubro deste ano, foram registradas 3.664 denúncias de feminicídio e tentativa de feminicídio em todo o país.

Esse número representa um aumento de 272% na comparação com 984 relatos dessa natureza contabilizados no mesmo período de 2018. O levantamento exclusivo foi obtido pela GloboNews por meio da Lei de Acesso à Informação.

Isso significa dizer que, neste ano, o Ligue 180 recebeu, em média, uma denúncia de feminicídio ou de tentativa de feminicídio a cada duas horas.

Por Léo Arcoverde e Milena Teixeira

Compartilhar: