CNMP aprova criação de comitês de enfrentamento à homofobia nos MP’s

1127
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(CNMP, 28/01/2015) Por unanimidade, o Plenário do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), aprovou, nesta terça-feira, 28 de janeiro, durante a 2ª Sessão Ordinária, nota técnica referente à necessidade de criação e instalação dos Comitês de Enfrentamento à Homofobia, que integram a estrutura do Sistema Nacional de Garantia dos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais – LGBT. Também foi aprovada a adoção da sigla LGBTI, incluindo-se, assim, o direito dos intersexuais.

São considerados intersexuais aqueles indivíduos que possuem variações em seus caracteres sexuais, o que impede de classificá-los como indivíduo do sexo feminino ou masculino.

A referida nota atende à solicitação do Grupo de Trabalho de Combate à Violência Doméstica e Defesa dos Direitos Sexuais e Reprodutivos da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais deste Conselho.

Os Comitês Estaduais de Enfrentamento à Homofobia estão atualmente instalados e em efetivo funcionamento em nove unidades da Federação, oito Estados e o Distrito Fedeal, sendo que, dentre eles, cinco são integrados por membros do Ministério Público, particularmente das unidades do MP estadual.

A proposta da nota técnica foi apresentada pelo conselheiro Jarbas Soares e relatada pelo conselheiro Walter Agra.

Acesse no site de origem: CNMP aprova criação de comitês de enfrentamento à homofobia nos MP’s (CNMP, 28/01/2015)

Compartilhar: