Mais afetadas pela depressão, mulheres não recebem diagnóstico em 70% dos casos, diz estudo

Compartilhar:
image_pdfPDF

Pesquisadores da USP concluíram ainda que estar grávida aumenta 3,5 vezes risco de subdiagnóstico

(Folha de S. Paulo | 07/03/2021 | Por Francesca Angiolillo)

No Brasil, 71% das mulheres consideradas deprimidas nunca chegaram a ouvir dos profissionais que as atendiam que estavam enfrentando um quadro da doença e, portanto, não tiveram indicação de tratamento.

Acesse a matéria completa no site de origem.

 

Compartilhar: