Melhores tenistas do mundo unem-se em campanha contra a violência doméstica

984
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(UOL, 05/05/2014) As melhores tenistas do mundo aproveitaram a passagem por Madri para torneio da WTA e participaram de uma campanha da Fundação Mutua Madrileña, instituição de ajuda social da Espanha, contra a violência doméstica.

Na ação, as tenistas Serena Williams, Na Li, Agnieszka Radwanska, Simona Halep, Petra Kvitova, Jelena Jankovic, Angelique Kerber, María Sharapova, Ana Ivanovic, Samantha Stosur, Garbiñe Muguruza, Teresa Torro e Anabel Medina pedem o fim da violência contra a mulher. Em seis línguas diferentes, elas convocam as mulheres a denunciar seus agressores e dizer não à violência.

Segundo pesquisa do Banco Mundial, cerca de 70% das mulheres de todo o mundo sofrem algum tipo de violência no decorrer de sua vida e as mulheres de 15 a 44 anos correm mais risco de sofrer estupro e violência doméstica do que de câncer, acidentes de carro, guerra e malária.

No Brasil, os números também impressionam. De acordo com levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada ), o país registrou, entre 2009 e 2011, 16,9 mil mortes de mulheres decorrentes de conflito de gênero, crimes geralmente cometidos por parceiros íntimos ou ex-parceiros das vítimas. O número indica uma taxa de 5,82 casos para cada 100 mil mulheres.

Acesse no site de origem: Melhores tenistas do mundo unem-se em campanha contra a violência doméstica (UOL – 05/05/2014)

 

Compartilhar: