Mobilização online quer impedir mudança no atendimento a casos de estupro

727
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(UOL, 27/10/2015) Ativistas e organizações sociais iniciaram desde a semana passada uma mobilização online para impedir a aprovação de projeto de lei 5069/2013, de autoria do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que dificulta o atendimento a vítimas de violência sexual e poderá punir quem estimula métodos abortivos. Com a hashtag #naoaopl5069, os internautas pretendem convocar a sociedade para revogar a PL, que foi aprovada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara na última quarta-feira (21), mas ainda precisa ser avalizada pelo plenário da Casa e tramitar no Senado.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Mobilização online quer impedir mudança no atendimento a casos de estupro (UOL, 27/10/2015)

Compartilhar: