Homem é condenado por estupro na Suíça por ter feito sexo sem camisinha sem a parceira saber

1063
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Um homem que fez sexo sem camisinha e sem o conhecimento da parceira foi condenado por um tribunal de Lausanne, na Suíça, por estupro. De acordo com o juiz, o fato de o réu não ter cumprido o combinado – sexo com proteção – constitui abuso sexual.

(Extra, 12/01/2017 – acesse no site de origem)

O site “The Local” contou que o homem, uma francês de 47 anos, conheceu a parceira suíça pelo aplicativo de paquera Tinder.

Em um encontro na casa da suíça, eles começaram a fazer sexo com preservativo, mas no meio da relação ele removeu a proteção. Ela só percebeu ao fim do sexo.

No tribunal, a mulher disse que teria se recusado a ir para a cama com o francês se ele não estivesse com camisinha.

O francês foi condenado a 12 meses de prisão, mas a sentença foi suspensa. Nesse período, ele ficará sob observação da Justiça.

A decisão é inédita na história jurídica do país europeu.

Compartilhar: