Projeto de lei quer incluir misoginia entre crimes de ódio

491
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Apoiando-se no exemplo da cidade inglesa Nottinghamshire, que em julho deste ano passou a considerar a misoginia como crime de ódio, a deputada Ana Perugini (PT-SP) apresentou um projeto de lei pela adoção do mesmo entendimento no Brasil.

(O Globo, 03/11/2017 – acesse no site de origem)

Hoje, os crimes de ódio são aqueles cometidos por discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

No texto, Ana Perugini aponta que, embora a Lei do Feminicídio tipifique o homicídio “por razões da condição de sexo feminino”, não existe legislação deste tipo para outras violências, como comportamentos agressivos contra a mulher na Internet.

O projeto aguarda o despacho de Rodrigo Maia.

Lauro Jardim

Compartilhar: