Como funciona o Ligue 180, a Central de Atendimento à Mulher?

12875
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

A Central de Atendimento à Mulher ou Ligue 180 funciona 24 horas por dia, de segunda a domingo, inclusive feriados. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer lugar do Brasil.

ligue_180_pacAtendimento qualificado – A Central funciona com atendentes capacitadas em questões de gênero, nas políticas do Governo Federal para as mulheres, nas orientações sobre o enfrentamento à violência contra a mulher e, principalmente, na forma de receber a denúncia e acolher as mulheres. Utilizam um banco de dados com mais de 260 perguntas e respostas elaboradas com base nas informações disponíveis na Secretaria Especial de Políticas para Mulheres (SPM) e em todas as denúncias já recebidas por sua Ouvidoria.” (Fonte: SPM)

Segundo a SPM, o serviço Ligue 180 conta com 50 pontos de atendimento e desde 2009 passou a funcionar por meio da tecnologia VOIP – Transferência Direta de Chamadas –, que permite sistematizar automaticamente os dados das chamadas recebidas (data, local de origem, hora e duração da chamada).

Chamada Ativa
Foi implementado também o sistema de “chamada ativa”, para a geração de chamadas a partir da Central, o que permite o acompanhamento das denúncias junto aos órgãos para os quais foram encaminhadas, bem como o monitoramento da Rede Especializada de Atenção à Mulher Vítima de Violência, que incluie DEAMs, Centros de Referência, Casas Abrigo, Juizados Especializados e Defensorias da Mulher.

Para saber mais
Quais são as perguntas mais freqüentes? Como são as respostas? Qual é o tempo médio de duração de uma ligação? Qual é o perfil das e dos atendentes? Recebem capacitação especial para dar esse tipo de atendimento?

Indicação de fontes:

Aparecida Gonçalves – subsecretária de monitoramento e ações temáticas
SPM (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres)
Brasília/DF
              61 3411-4211       
[email protected]
Fala sobre: violência doméstica, estatísticas e outras informações sobre o Ligue 180 – Centro de Atendimento à Mulher

Gabriela Ferreira do Vale – assessora de imprensa
SPM (Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres)
Brasília/DF
(61) 3411.4228
[email protected]

Compartilhar: