Por ano, conjunto residencial da USP tem 4 registros de violência

984
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(O Estado de S. Paulo, 28/11/2014) As denúncias foram feitas por meio do projeto SOS Mulher. Criado em 2000, o programa visa a atender alunas moradoras vítimas de qualquer tipo de violência, não só estupro. A iniciativa também auxilia qualquer mulher vinculada à USP. Dentre os relatos, o perfil dominante foi de mulheres entre 17 e 32 anos.

Leia mais: MP aponta falha em segurança de festas na Medicina da USP (O Estado de São Paulo, 28/11/2014)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Por ano, conjunto residencial da USP tem 4 registros de violência (O Estado de S. Paulo, 28/11/2014)

 

Compartilhar: