Índice de Homicídios de Adolescentes será lançado no Rio de Janeiro

874
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(SEPPIR, 27/01/2015) Publicação revela que indivíduos negros são as principais vítimas. Ainda segundo o documento, se as condições vigentes em 2012 não mudarem, mais de 42 mil adolescentes, entre 12 e 18 anos, poderão ser assassinados no período de 2013 a 2019, em municípios com mais de 100 mil habitantes

O lançamento do quinto Índice de Homicídios de Adolescentes – IHA ocorre nesta quarta-feira (28), no Hotel Windsor Guanabara, no centro da cidade do Rio de Janeiro. O evento, que se inicia às 10h, terá a participação das ministras da Igualdade Racial, Nilma Gomes; e dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti; além de autoridades convidadas.

O IHA revela que indivíduos negros são as principais vítimas. Ainda segundo o documento, se as condições vigentes em 2012 não mudarem, mais de 42 mil adolescentes, entre 12 e 18 anos, poderão ser assassinados no período de 2013 a 2019, em municípios com mais de 100 mil habitantes.

Além disso, o estudo avalia fatores que podem influenciar os riscos, como raça e gênero, além da idade e do meio com o qual o crime é cometido.

A publicação foi desenvolvida pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e Observatório de Favelas, em parceria com o Laboratório de Análise da Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAV-UERJ). O estudo faz parte das ações do Programa de Redução da Violência Letal Contra Adolescentes e Jovens (PRVL).

Aumento nos índices

O Índice a ser divulgado é o mais alto dos últimos oito anos, com um aumento de 17% em relação a 2011. O crescimento foi provocado, principalmente, pela ampliação dos números nas regiões Nordeste e Centro-Oeste.

No total, foram avaliados 288 municípios do Brasil com mais de 100 mil habitantes. Itabuna (BA) lidera o ranking de homicídios contra adolescentes entre as cidades brasileiras com mais de 200 mil habitantes. Na localidade, o índice é de 17,11 mortes para cada grupo de mil indivíduos. Em seguida, aparecem Cariacica (ES), com 10,47, e Serra (ES), com 9,95.

Acesse no site de origem: Índice de Homicídios de Adolescentes será lançado no Rio de Janeiro (SEPPIR, 27/01/2015)

Compartilhar: