Mulheres negras têm 19% menos chance de conseguir aumento salarial

1818
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Pedir aumento de salário não é nada fácil. E quando se trata de mulheres negras, a tarefa pode ser ainda mais complicada.

(Universa, 14/06/2018 – Acesse no site de origem)

De acordo com uma pesquisa da consultoria norte-americana PayScale, mulheres não-brancas (isto é, negras, indígenas, latinas e asiáticas) têm chances 19% menos de ouvir “sim” quando pedem para receber mais por seus trabalhos.

Sabemos que estereótipos de gênero e raça prejudicam a ascensão profissional, mas um dado que surpreendeu os pesquisadores é que homens negros têm ainda menos chances de conseguir o bônus do que mulheres negras.

Em comparação com homens brancos, homens negros têm 25% menos possibilidades de ouvir “sim” da empresa, 6% a menos que as mulheres negras.

Antes de chegar ao tamanho deste abismo salarial, a pesquisa analisou quais gêneros e raças estão mais propensos a tomar a iniciativa de pedir o aumento. “Nós não vemos diferenças entre quem está pedindo aumento, apenas em quem está de fato recebendo mais”, disse Lydia Frank, vice-diretora da PayScale, ao “The Lily”.

Entre os homens e mulheres que nunca pediram aumento, eles disseram que não o fizeram porque já haviam recebido espontaneamente da empresa. Elas, por outro lado, nunca tomaram a iniciativa porque não se sentem à vontade paranegociar valores.

Compartilhar: