SEPPIR e UNFPA discutem situação das meninas em vulnerabilidade social

622
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Em reunião com o Representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil, Jaime Nadal, nesta quinta-feira (27/10/2016), a Secretária Luislinda Valois abordou temas referentes ao combate às desigualdades, com foco na situação das meninas em vulnerabilidade social, grupo formado por maioria negra. O encontro foi realizado na SEPPIR.

(Seppir, 27/10/2016 – acesse no site de origem)

“As meninas representam o futuro. Precisamos cuidar delas, oferecer educação e proporcionar oportunidades, a fim de reduzir as desigualdades que separam homens e mulheres”, disse a Secretária Luislinda.

Para o Representante do UNFPA, as meninas passam a sofrer muito mais riscos sociais com a aproximação da puberdade, quando comparado com o sexo masculino. “Entre as situações que podem ocorrer, existe a possibilidade de gravidez na adolescência, caso ela não tenha acesso às informações corretas”, afirma.

Pelo UNFPA, também estiveram presentes Fernanda Lopes, Representante auxiliar; e Ana Cláudia Pereira, Oficial de Projeto em Gênero e Raça.

População negra

O momento foi propício, ainda, para discutir soluções referentes ao alto índice de assassinatos de jovens negros, além da grande quantidade de mulheres negras encarceradas. “Às vezes, elas estão lá sem culpa formada ou, até mesmo, além do prazo determinado. Precisamos buscar alternativas para resolver isso”, disse a titular da SEPPIR.

Compartilhar: