Reportagem especial mostra o crescimento do estupro corretivo

3045
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(SBT Brasil, 24/08/2015) As vítimas são lésbicas, mulheres bissexuais e transexuais, e a intenção dos criminosos é forçá-las a mudar a orientação sexual. Um hospital de São Paulo especializado em violência contra mulher registra, pelo menos uma vez por mês, um caso do estupro corretivo.

Leia mais:
No Peru, lésbicas sofrem com estupros ‘corretivos’ (BBC Brasil, 23/08/2015)
Estudantes organizam ato contra estupros e violência de gênero na USP (Catraca Livre, 21/08/2015)
“É preciso mais solidariedade entre as mulheres”, diz articuladora de campanha contra violência no Metrô (R7, 21/08/2015)
Na Marcha Nacional de Vereadores, ONU Mulheres faz lançamento do movimento #ElesPorElas para Legislativos municipais (ONU Mulheres, 21/08/2015)

Acesse no site de origem: Reportagem especial mostra o crescimento do estupro corretivo (SBT Brasil, 24/08/2015)

Compartilhar: