TCU vai fazer radiografia do assédio sexual na administração pública federal

Compartilhar:
image_pdfPDF

Objetivo é avaliar o desempenho do sistema de prevenção e combate ao assédio sexual no ambiente de trabalho; proposta partiu do ministro Bruno Dantas

(O Estado de S.Paulo | 28/10/2020 | Por Idiana Tomazelli e Adriana Fernandes)

A situação “alarmante” de mulheres alvo de assédio sexual no ambiente de trabalho levou o Tribunal de Contas da União (TCU) a determinar, de forma inédita, a realização de uma auditoria operacional para elaborar uma radiografia do tema na administração pública federal. O objetivo é avaliar o desempenho do sistema de prevenção e combate ao assédio sexual no ambiente de trabalho.

A proposta partiu do ministro Bruno Dantas, que citou dados de uma pesquisa realizada por LinkedIn e Think Eva. O levantamento, antecipado pelo Estadão, revelou que 47% das 381 mulheres ouvidas afirmam já ter sofrido assédio sexual no ambiente de trabalho.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: