Violência contra a mulher cresce no estado de SP no 1º semestre deste ano, aponta levantamento do Instituto Sou da Paz

Compartilhar:
image_pdfPDF

Alta nos homicídios e feminicídios foi de 2,6% entre janeiro e junho de 2021. Já as agressões aumentaram 5,4%.

(G1 | 28/09/2021 | Por Bom Dia SP)

As agressões e os homicídios contra as mulheres cresceram no estado de São Paulo no primeiro semestre deste ano, segundo um levantamento do Instituto Sou da Paz.

De janeiro a junho de 2020 foram 196 homicídios e feminicídios (é quando a vítima é morta por ser mulher) contra 201 no mesmo período deste ano, uma alta de 2,6%. Já o número de agressões subiu de 24.069 para 25.366, 5,4% a mais.

Carolina Ricardo, diretora-executiva do Instituto Sou da Paz, ressalta que apesar do aumento não ter sido tão expressivo, ele corrobora o aumento de violência contra a mulher visto nos últimos anos.

“É muito importante fazer um olhar global da violência contra a mulher começando pela prevenção com serviços de saúde, com serviços de assistência social, de acolhimento dessa mulher para que ela possa se apoderar e entender que ela está sendo vítima de violência e buscar ajuda, e os serviços de justiça e segurança pública que tenham uma rede e celeridade no atendimento para tirar a mulher dessa situação de violência e de risco.”

Acesse a matéria completa no site de origem

Compartilhar: