Abuso sexual ainda é um tabu infernal vivido por crianças e adolescentes, por Djamila Ribeiro

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S. Paulo| 12/05/2022 | Por Djamila Ribeiro)

É muito bem-vinda a série de produtos editoriais sobre violência sexual na infância e adolescência da parceria entre o Instituto Liberta e a Folha, que definiu o tema como “a causa do ano”. Cobra-se muito que a mídia tenha setores especializados e intensa cobertura de um tema tão sensível e iniciativas que apontam para esse caminho devem ser celebradas. Como já escrevi nesta Folha, há um genocídio em curso contra as mulheres e meninas no país, e a imprensa é uma importante aliada na visibilização dessa situação dramática.

Por isso, a escolha da causa do ano não poderia ser mais acertada. Sem dúvidas, enfrentamos problemas sérios no que diz respeito a democracia, destruição do ambiente, racismo estrutural contra negros e indígenas e muitas outras questões. Contudo, é necessário dizer que a realidade infernal vivida por mulheres, adolescentes e crianças em ambientes domésticos continua um tabu.

Acesse a matéria completa no site de origem. 

Compartilhar: