Caso Mari Ferrer: Menos de 1% dos tuítes sobre julgamento foram a favor da sentença

Compartilhar:
image_pdfPDF

Pesquisa do Internetlab mostra que vídeo do julgamento de denúncia de estupro gerou em média 20 tuítes por minuto, sendo a maioria a favor de Mariana Ferrer

(AzMina | 08/12/2020 | Por Fernanda K. Martins, Alessandra Gomes, Juliana Fonteles, Blenda Santos, Jade Becari e Catharina Pereira, do InternetLab)

A forma como o julgamento de André de Camargo Aranha, acusado de estuprar a jovem Mariana Ferrer, foi conduzido ganhou as redes sociais na semana do dia 3 de novembro. Apesar de o processo tramitar em segredo de justiça e de a audiência ter sido realizada em setembro, parte da sua gravação foi divulgada dois meses depois pelo The Intercept Brasil.

A divulgação do vídeo gerou comoção nas redes e levou usuários do Twitter a questionarem como o sistema de Justiça se posiciona diante das mulheres e das acusações que são relacionadas à violência baseada em gênero; foi o que mostrou a pesquisa que realizamos no InternetLab.

Instigadas pelo acontecimento, no que dizia respeito à forma como os usuários do Twitter recepcionaram o conteúdo do vídeo e nos questionando de que modo a Justiça seria retratada nesse debate, fizemos uma pesquisa para ver o volume de tuítes e também como se posicionavam em relação ao caso.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: