Denúncias de assédio sexual no trabalho crescem 64,7% em cinco anos

Compartilhar:
image_pdfPDF

Dados são do Ministério Público do Trabalho, que também registrou aumento de queixas por assédio moral no período

(Folha de S.Paulo | 14/12/2020 | Por Mônica Bergamo)

O número de denúncias de assédio sexual feitas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) aumentou 64,7% em cinco anos. Em 2015, foram 289 relatos de abusos do tipo ocorridos em ambiente profissional. Em 2019, o total chegou a 476.

Histórico

No mesmo período, o órgão recebeu ao todo 1.835 denúncias de assédio sexual no trabalho, dos quais cerca de mil tiveram sequência com a abertura de inquéritos civis para apuração do assunto, 66 se desdobraram em ações civis públicas e 226 foram resolvidos com termos de ajustamento de conduta (TACs).

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: